quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O que acontece com o Werder Bremen ?

A campanha do Werder Bremen na atual temporada é ridícula.

Os verdes ocupam a décima primeira posição na Bundesliga, foram eliminados da Copa da Alemanha na segunda rodada e, mais uma vez, dão vexame na Liga dos Campeões da Europa.

Alguns podem dizer que a equipe perdeu Ozil e por isso a equipe caiu de produção. Mas esse não é o real motivo para a crise que atinge a equipe de Thomas Schaff. Até porque Ozil não era nem titular absoluto na equipe do Bremen na temporada passada.

São dois os verdadeiros motivos da atual situação da equipe dos brasileiros Naldo e Wesley. Vejam:

O primeiro motivo é a mentalidade da diretoria da equipe
. O Bremen pensa pequeno e é assim há muitos anos. A impressão que dá é que se o clube fechar o ano sem dívidas, já é uma grande vitória para a equipe.

O técnico Thomas Schaff incorporou esse pensamento e aparentemente não se importa com as seguidas campanhas ruins que a equipe faz na Bundesliga e nas outras competições que a equipe participa.

Tome como exemplo o Hamburgo e o Schalke 04. É verdade que as duas equipes não ganham nada há muito tempo, mas é fácil perceber que todo ano essas equipes contratam jogadores, trocam técnicos, enfim, de uma maneira ou de outra tentam fazer frente ao Bayern de Munique e vencer algum torneio na temporada.

No Bremen é diferente, basta a conta fechar no fim do ano e está tudo bem. Haja vista a situação do técnico da equipe. Thomas Schaff não vence um torneio há cinco anos e ainda assim é muito prestigiado na equipe.

O segundo grande problema do Werder também é grave.

Muitos jogadores que saem da equipe reclamam do técnico Schaff o chamando de ditador e também não gostam da “panelinha” que existe entre os líderes da equipe.

Não foram poucos os jogadores que saíram da equipe brigados com o técnico, como exemplo: Vranjes, Klose, Carlos Alberto, Owomoyela, Klasnic entre outros.

O líder da panela é Torsten Frings. O temperamento do volante da equipe já o tirou da seleção alemã e também já fez com que vários jogadores do Bremen saíssem da equipe. Frings ainda tem dois outros companheiros que o ajudam a mandar e desmandar na equipe: Tim Wiese e Borowsky.

Recentemente Frings criticou o jovem austríaco Arnautovic que acabara de chegar a equipe dizendo que ele tinha que se empenhar mais nos treinos. Uma atitude que não condiz com o capitão de uma equipe.

Frings ficou famoso por criticar Klose por sair do Bremen anos atrás. Aparentemente o capitão da equipe esqueceu que fez a mesma coisa anos antes...

Na semana passada foi a vez do goleiro Wiese atacar seus companheiros. Goleiro muito irregular, Wiese afirmou que a equipe do Bremen não vinha bem pois o Aaron Hunt não conseguia jogar da mesma maneira que Ozil, vendido para o Real Madrid.

Não precisamos dizer o quanto é covarde culpar Hunt pelo mal rendimento da equipe.

O Bremen é uma grande equipe e seria bom para o futebol alemão que eles voltassem a disputar títulos, mas aparentemente só a torcida pode forçar a troca de dirigentes e a saída de medalhões que pouco contribuem para a equipe.

Um comentário:

Lista Telefonica disse...

Conheça a melhor Lista Telefônica do Litoral. Acesse www.SUALISTA.com.br e saiba mais!