terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Frankfurt vence Dortmund em despedida da Bundesliga

Foram necessárias quinze rodadas para o Borussia Dortmund voltar a perder na Bundesliga.

O algoz dos borussianos foi o Eintracht Frankfurt que em casa bateu o líder da competição por 1 a 0. O resultado fez a vantagem do líder para o Mainz cair para dez pontos.

O grande beneficiado na rodada foi o Bayern de Munique que massacrou o Stuttgart fora de casa por 5 a 3.

Com o resultado o time da Baviera termina o primeiro turno quatro pontos atrás do terceiro colocado Bayer Leverkusen. O time do técnico van Gaal já se contenta com o terceiro posto que daria a equipe uma vaga na próxima LC.

Outra equipe que também terminou bem o turno foi o Schalke 04. O time do técnico Felix Magath parece finalmente ter deslanchado na competição. A vitória de 3 a 0 frente ao Colônia já coloca os azuis reais na décima colocação.

Agora teremos a pausa de inverno e a Bundesliga só volta no dia 14 de janeiro. O primeiro jogo do returno pode mudar a história da competição.

O Bayer Leverkusen recebe o Borussia Dortmund em casa e uma vitória do time das aspirinas pode dar mais emoção a Bundesliga.

Confira todos os resultados da rodada:
Borussia M´Gladbach 1 – 2 Hamburgo
Schalke 04 3 – 0 Colônia
Werder Bremen 1 – 2 Kaiserslautern
Wolfsburg 2 – 2 Hoffenheim
Eintracht Frankfurt 1 – 0 Borussia Dortmund
Nuremberg 3 – 1 Hannover
St. Pauli 2 – 4 Mainz
Bayer Leverkusen 2 – 2 Freiburg
Stuttgart 3 – 5 Bayern de Munique

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Bremen não foi páreo para Dortmund

Na penúltima rodada do turno da Bundesliga o Borussia Dortmund passou fácil pelo Werder Bremen. O time do japonês Kagawa marcou dois a zero contra o pior Werder Bremen dos últimos anos.

O resultado fez com que o Dortmund aumentasse ainda mais sua vantagem na liderança que agora chega a onze pontos frente ao Bayer Leverkusen.

Também impressiona a diferença no saldo de gols da equipe líder do campeonato. Enquanto os borussianos tem saldo de 30 gols, o Bayer Leverkusen acumula um saldo de apenas dez gols.

Quem respirou aliviado foi o Bayern de Munique que com a vitória fácil frente ao St. Pauli assumiu a quinta colocação e já faz as contas para sonhar em assumir a terceira posição na Bundesliga. Posição que garantiria a equipe na próxima Champions League.

O atual terceiro lugar é o surpreendente Hannover que tem 31 pontos, cinco a mais que os bávaros.

Na última rodada do turno, que será realizada no próximo fim de semana, quase toda a Alemanha deverá torcer para que o Eintracht Frankfurt consiga tirar pontos do Borussia Dortmund. Uma tarefa quase impossível para qualquer equipe alemã neste primeiro turno.

Confira todos os resultados da rodada:
Hannover
2 – 1 Stuttgart
Bayern de Munique 3 – 0 St. Pauli
Hamburgo 2 – 4 Bayer Leverkusen
Hoffenheim 1 – 1 Nuremberg
Colônia 1 – 0 Eintracht Frankfurt
Kaiserslautern 0 – 0 Wolfsburg
Borussia Dortmund 2 – 0 Werder Bremen
Freiburg 3 – 0 Borussia M´Gladbach
Mainz 0 – 1 Schalke 04

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O título mais fácil da história da Bundesliga

O Borussia Dortmund caminha a passos largos para a conquista do título da Bundesliga.

Neste fim de semana o Dortmund venceu o Nuremberg por 2 a 0 e ainda viu o segundo colocado, Mainz 05, perder para o Eintracht Frankfurt por 2 a 1.

Com o resultado o Borussia abriu dez pontos de vantagem para o Mainz após quinze rodadas.

Só para se ter uma idéia do tamanho da superioridade do Borusssia Dortmund frente as outras equipes, a campanha dos comandados de Jurgen Klopp é a melhor de todos os tempos do torneio alemão após quinze rodadas.

Os borussianos conseguiram até agora treze vitórias, um empate e somente uma derrota. Somando assim 40 pontos.

A campanha mais próxima a do Borussia Dortmund foi conseguida pelo Bayern de Munique que na temporada 2005/2006 chegou a 38 pontos nos mesmos quinze jogos. Ou seja os bávaros tiveram uma vitória a menos que o atual Borussia, mas conseguiram um empate a mais.

Além da campanha do Bayern de 2006, o gigante de Munique também teve outra campanha parecida com a atual do Dortmund.

No torneio de 1972/1973 o Time de Beckenbauer fez 37 pontos em quinze rodadas.*

Faltando apenas duas rodadas para o final do primeiro turno pode-se dizer que só uma catástrofe fará com que a equipe do Norte não levante mais um título da Bundesliga.

Bayern agora só sonha com a LC
Depois da derrota para o Schalke 04 por 2 a 0 neste fim de semana até o diretor de futebol Christian Nerlinger jogou a toalha.

O ex-volante do Bayern afirmou que a equipe tem que lutar para ao menos conseguir uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa.

Com 23 pontos a equipe de Munique tem que descontar seis pontos para o Leverkusen para chegar ao terceiro lugar da Bundesliga.

Confira todos os resultados da rodada:
St. Pauli
1 – 0 Kaiserslautern
Stuttgart 1 – 1 Hoffenheim
Wolfsburg 0 – 0 Werder Bremen
Eintracht Frankfurt 2 – 1 Mainz
B. M´Gladbach 1 – 2 Hannover
Freiburg 1 – 0 Hamburgo
Schalke 04 2 – 0 Bayern de Munique
Bayer Leverkusen 3 – 2 Colônia
Nuremberg 0 – 2 Borussia Dortmund

* Na temporada 1972/1973 a vitória ainda valia dois pontos. Considerei então três pontos por vitória para chegar ao total de 37 pontos para o Bayern de Munique.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Dortmund mantém vantagem na liderança

O Borussia Dortmund continua sua campanha quase perfeita e venceu mais uma na Bundesliga.

Mais uma vez o Dortmund saiu atrás no placar e teve que mostrar tranqüilidade para continuar sua incrível seqüência de vitórias.

A vítima da rodada foi o Borussia M´Gladbach, último colocado no torneio. Placar final: 4 a 1.

Com sete pontos de vantagem frente ao Mainz, que também venceu sua partida, a equipe do Norte deve ganhar o simbólico torneio de inverno, já que faltam apenas três rodadas para o término do primeiro turno.

Os borussianos ainda foram favorecidos pelo empate do Bayer Leverkusen contra o Hoffenheim. A equipe do brasileiro Renato Augusto vencia até os 49 minutos do segundo tempo quando sofreu o empate dos donos da casa.

A única notícia ruim para o Dortmund foi a convincente vitória do Bayern de Munique em casa contra o Eintracht Frankfurt. Os bávaros já estão em quinto lugar na competição e aos poucos devem galgar posições até encostar na equipe do técnico Klopp.

Lá trás a coisa continua terrível para Stuttgart e Schalke 04. Os schwabens perderam para o Hamburgo por 4 a 2, enquanto os Azuis Reais foram derrotados pelo Kaiserslautern por humilhantes 5 a 0.

O fato curioso da rodada foi o completo domínio das equipes mandantes. Das nove partidas disputadas, sete foram vencidas pelos donos da casa, havendo ainda dois empates.

Confira todos os resultados da rodada:
Mainz
3 – 0 Nuremberg
Bayern de Munique 4 – 1 Eintracht Frankfurt
Hamburgo 4 – 2 Stuttgart
Hoffenheim 2 – 2 Bayer Leverkusen
Hannover 3 – 0 Freiburg
Kaiserslautern 5 – 0 Schalke 04
Borussia Dortmund 4 – 1 B. M´Gladbach
Werder Bremen 3 – 0 St. Pauli
Colônia 1 – 1 Wolfsburg

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Dortmund dispara na liderança

O Borussia Dortmund venceu o Hannover por 4 a 0 e disparou na liderança da Bundesliga.

A vantagem de quatro pontos, a maior do líder sobre os demais participantes, também se deve pela derrota do Mainz frente ao Freiburg por 1 a 0.

O Bayer Leverkusen também venceu e segue em terceiro lugar na tabela de classificação. O time das aspirinas virou para cima do Kaiserslautern em casa, 3 a 1.

A surpresa da rodada foi a vitória do Stuttgart frente ao Werder Bremen. Os schwabens humilharam os verdes por 6 a 0. O resultado só comprova o que já foi dito aqui sobre a situação atual do Werder Bremen.

Já o Bayern de Munique, que ainda sonha com o título, deixou escapar uma vitória fácil em Gladbach. Os bávaros venciam por 2 a 1, perderam muitas chances de gols e quase voltaram sem nenhum ponto para casa.

A sorte da equipe do técnico van Gaal é que Lahm empatou no final da partida. Resultado final 3 a 3.

Confira todos os resultados da rodada:
Schalke 04
3 – 0 St. Pauli
Hamburgo 2 – 1 Hoffenheim
Eintracht Frankfurt 3 – 1 Wolfsburg
Borussia M´Gladbach 3 – 3 Bayern de Munique
Freiburg 1 – 0 Mainz
Nuremberg 3 – 1 Colônia
Hannover 0 – 4 Borussia Dortmund
Bayer Leverkusen
3 – 1 Kaiserslautern
Stuttgart 6 – 0 Werder Bremen

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O que acontece com o Werder Bremen ?

A campanha do Werder Bremen na atual temporada é ridícula.

Os verdes ocupam a décima primeira posição na Bundesliga, foram eliminados da Copa da Alemanha na segunda rodada e, mais uma vez, dão vexame na Liga dos Campeões da Europa.

Alguns podem dizer que a equipe perdeu Ozil e por isso a equipe caiu de produção. Mas esse não é o real motivo para a crise que atinge a equipe de Thomas Schaff. Até porque Ozil não era nem titular absoluto na equipe do Bremen na temporada passada.

São dois os verdadeiros motivos da atual situação da equipe dos brasileiros Naldo e Wesley. Vejam:

O primeiro motivo é a mentalidade da diretoria da equipe
. O Bremen pensa pequeno e é assim há muitos anos. A impressão que dá é que se o clube fechar o ano sem dívidas, já é uma grande vitória para a equipe.

O técnico Thomas Schaff incorporou esse pensamento e aparentemente não se importa com as seguidas campanhas ruins que a equipe faz na Bundesliga e nas outras competições que a equipe participa.

Tome como exemplo o Hamburgo e o Schalke 04. É verdade que as duas equipes não ganham nada há muito tempo, mas é fácil perceber que todo ano essas equipes contratam jogadores, trocam técnicos, enfim, de uma maneira ou de outra tentam fazer frente ao Bayern de Munique e vencer algum torneio na temporada.

No Bremen é diferente, basta a conta fechar no fim do ano e está tudo bem. Haja vista a situação do técnico da equipe. Thomas Schaff não vence um torneio há cinco anos e ainda assim é muito prestigiado na equipe.

O segundo grande problema do Werder também é grave.

Muitos jogadores que saem da equipe reclamam do técnico Schaff o chamando de ditador e também não gostam da “panelinha” que existe entre os líderes da equipe.

Não foram poucos os jogadores que saíram da equipe brigados com o técnico, como exemplo: Vranjes, Klose, Carlos Alberto, Owomoyela, Klasnic entre outros.

O líder da panela é Torsten Frings. O temperamento do volante da equipe já o tirou da seleção alemã e também já fez com que vários jogadores do Bremen saíssem da equipe. Frings ainda tem dois outros companheiros que o ajudam a mandar e desmandar na equipe: Tim Wiese e Borowsky.

Recentemente Frings criticou o jovem austríaco Arnautovic que acabara de chegar a equipe dizendo que ele tinha que se empenhar mais nos treinos. Uma atitude que não condiz com o capitão de uma equipe.

Frings ficou famoso por criticar Klose por sair do Bremen anos atrás. Aparentemente o capitão da equipe esqueceu que fez a mesma coisa anos antes...

Na semana passada foi a vez do goleiro Wiese atacar seus companheiros. Goleiro muito irregular, Wiese afirmou que a equipe do Bremen não vinha bem pois o Aaron Hunt não conseguia jogar da mesma maneira que Ozil, vendido para o Real Madrid.

Não precisamos dizer o quanto é covarde culpar Hunt pelo mal rendimento da equipe.

O Bremen é uma grande equipe e seria bom para o futebol alemão que eles voltassem a disputar títulos, mas aparentemente só a torcida pode forçar a troca de dirigentes e a saída de medalhões que pouco contribuem para a equipe.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Grandes vencem na Bundesliga

A oitava rodada da Bundesliga favoreceu os grandes clubes da Alemanha.

O Borussia Dortmund venceu o Colônia na sexta-feira por 2 a 1 e assumiu a liderança da competição.

Os borussianos ainda foram ajudados pelo Hamburgo, que bateu o Mainz fora de casa por 1 a 0.

Outra equipe grande que venceu foi o Bayer Leverkusen. O time das aspirinas ganhou do Wolfsburg por 3 a 2 em uma virada incrível faltando 20 minutos.

O destaque da partida foi o volante Rolfes que entrou no meio do segundo tempo e fez dois para a equipe.

Bayern de Munique e Werder Bremen que lutam no meio da tabela também venceram suas partidas.

Os bávaros com um time quase todo reserva venceram o Hannover por 3 a 0. Show de Mario Gómez que marcou os três gols da equipe.

O Bremen suou para vencer o Freiburg por 2 a 1 e ocupa a décima primeira posição na tabela de classificação.

Outro destaque da rodada foi o empate entre Schalke 04 e Stuttgart por 2 a 2. O resultado foi péssimo para as duas equipes que ainda estão na zona de rebaixamento.

Na semana que vem dois grandes jogos agitarão a nona rodada do torneio. Na sexta-feira o Hamburgo recebe o Bayern de Munique, enquanto no domingo o Bayer Leverkusen mede forças com o Mainz 05.

Confira todos os resultados da rodada:
Colônia 1 – 2 Borussia Dortmund
Bayern de Munique
3 – 0 Hannover
Schalke 2 – 2 Stuttgart
Werder Bremen 2 – 1 Freiburg
Mainz 0 – 1 Hamburgo
St. Pauli 3 – 2 Nuremberg
Wolfsburg 2 – 3 Bayer Leverkusen
Kaiserslautern 0 – 3 Eintracht Frankfurt
Hoffenheim
3 – 2 Borussia M´Gladbach

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Sahin provoca, mas leva resposta de Podolski

O jogador Nuri Sahin mostrou não ter espírito esportivo na partida de hoje entre Colônia e Borussia Dortmund.

O jogo se encaminhava para 1 a 1 faltando poucos minutos para o fim da partida. Aos 44 minutos do segundo tempo, após sofrer uma falta de Podolski, Sahin e o atacante alemão discutiram feio e levaram cartão amarelo.

Nos acréscimos Sahin fez o gol que garantiu a vitória dos Borusssianos. O turco foi até ao alemão e começou a comemorar o gol e rir da cara de Poldi.

Até o goleiro Weindenfeller, conhecido por seus frangos bizarros e por inúmeros processos por xingar jogadores da raça negra, foi provocar o atacante alemão.

Ao fim da partida Podolski foi até Sahin e com as mãos relembrou o placar entre Alemanha e Turquia: um humilante 3 a 0.

Resta saber se a Federação alemã punirá os dois jogadores pela indisciplina.

sábado, 9 de outubro de 2010

Klose e Ozil calam torcida turca

A Alemanha venceu a Turquia nesta sexta-feira por 3 a 0 e se isolou na liderança do Grupo A das eliminatórias para a Eurocopa 2012.

Os gols da seleção alemã foram marcados por Klose (dois) e Mesut Ozil.

Clima hostil
A torcida turca dividiu o estádio com os alemães e fez barulho o jogo inteiro.

O alvo principal dos torcedores da Turquia era Mesut Ozil. Alemão, mas com pais turcos, os torcedores da Turquia até hoje não perdoam o jovem talento da Alemanha por não ter escolhido jogar pelo país de seus pais.

Ozil mostrou muita maturidade e não se abalou com as vaias.

Faltando dez minutos para o final da partida Ozil fez seu gol, mas preferiu não comemorar em respeito ao país de seus ascendentes.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Alemanha enfrenta a Turquia pelas eliminatórias da Euro

A Alemanha fará nesta sexta-feira o seu jogo mais difícil pelas elimatórias da Euro-2012.

A Nationalelf enfrentará a Turquia no Estádio Olímpico de Berlim que, com certeza, estará dividido entre os torcedores dos dois países.

Apesar do grande número de contundidos na seleção alemã, apenas Schweisteiger e Friedrich entre os titulares da última Copa do Mundo, estão fora do confronto.

Para o lugar de Schweini o técnico Joachim Low deve utilizar o jovem Toni Kroos, enquanto Badstuber será o companheiro de Mertesacker na zaga.

As duas equipes tem 100% de aproveitamento na competição com duas vitórias e em um grupo com tantas seleções medíocres, uma vitória deixará o vencedor bem próximo da próxima Eurocopa.

A Sportv, com a incompetência de sempre, informa que transmitirá a partida em VT as sete horas da noite, mas quem acompanha o canal sabe que a qualquer momento pode haver alguma alteração no horário de transmissão.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Bayern fora da briga pelo título?

Depois de mais uma derrota, desta vez frente ao rival Dortmund por 2 a 0, já é possível questionar a presença do Bayern de Munique na luta pelo título alemão.

Já se passaram sete rodadas e o supercampeão alemão tem 13 pontos a menos que o líder Mainz e 10 a menos que o segundo colocado Borussia Dortmund.

Não há dúvidas que o Bayern de Munique deve se recuperar na competição, mas a questão é: terá forças para tirar 10 pontos de desvantagem para o Borussia Dortmund? Afinal, não se pode esquecer também que mais de 20% do campeonato já foi disputado.

Quem não quer nem saber da situação do time da Baviera é o Mainz. Com mais uma vitória, agora contra o Hoffenheim por 4 a 0, o time do jovem Holtby já chegou a sete vitórias seguidas.

A festa só não é maior em Mainz porque o Borussia Dortmund também venceu e acompanha o líder da Bundesliga de perto. Apenas três pontos separam as duas equipes.

A péssima campanha do Bayern de Munique acaba ofuscando um pouco a situação de outros grandes que também estão fracassando na competição.

O Werder Bremen consegue ser pior que o Bayern no saldo de gols e ocupa a décima terceira posição, uma atrás do rival.

Já Schalke 04 e Stuttgart fazem campanha ridícula e ocupam as duas últimas colocações no campeonato com 4 e 3 pontos respectivamente.

Confira todos os resultados da rodada:
Hannover 0 – 1 St. Pauli
Hamburgo 2 – 1 Kaiserslautern
Mainz 4 – 2 Hoffenheim
B. M´Gladbach 1 – 1 Wolfsburg
Freiburg 3 – 2 Colônia
Nuremberg 2 – 1 Schalke 04
Stuttgart 1 – 2 Eintracht Frankfurt
B. Dortmund 2 – 0 Bayern de Munique
Bayer Leverkusen 2 – 2 Werder Bremen

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Equipes alemãs na LC

Terminada a segunda rodada da Liga dos Campeões da Europa fica claro o que cada equipe alemã pode fazer na competição mais importante da Europa.

O Bayern de Munique, que venceu o Basel por 2 a 1, não deve ter dificuldades para passar de fase e provavelmente será o primeiro do seu grupo.

O Schalke 04 se recuperou da derrota na estréia frente ao Lyon e venceu o Benfica por 2 a 0 em casa.

Considerando que o Benfica é o grande adversário do Schalke no grupo, já que o Lyon deve ficar com a primeira vaga, o resultado foi importantíssimo para os Azuis Reais.

Com a vitória a passagem do Schalke para a próxima fase se torna um sonho possível de ser alcançado.

Já o Werder Bremen fez o que se esperava dele: fracassou vergonhosamente.

Infelizmente os verdes vem acumulando vexames na Liga dos Campeões da Europa há vários anos e aparentemente não será diferente desta vez.

A derrota por 4 a 0 para a Internazionale de Milão foi a maior goleada da rodada e deixa a equipe alemã com apenas um ponto na competição.

Considerando que o time não deve conseguir bater o Tottenham na Inglaterra, é quase certo que o Werder deve lutar com o Twente por uma vaga na Liga Europa.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Nem o Bayern segura o Mainz

O Mainz 05 venceu sua sexta partida na Bundesliga e continua com uma campanha 100%. Dessa vez a vítima do Mainz foi o poderoso Bayern de Munique em plena Allianz Arena.

O placar de 2 a 1 foi justo e demonstrou que o Mainz tem condições de seguir entre os primeiros da Bundesliga pelo menos até o fim do primeiro turno.

A situação do Mainz só não é melhor porque o Borussia Dortmund continua massacrando seus adversários. Mesmo jogando em Hamburgo o St. Pauli não foi páreo para os borussianos que venceram por 3 a 1.

Quem também vem surpreendendo é o Hannover. A equipe do técnico Mirko Slomka tem um dos piores elencos da Bundesliga, mas mesmo assim ocupa a terceira posição na tabela de classificação.

Entre os favoritos ao título, vale destacar o Wolfsburg e o Bayer Leverkusen.

Os lobos perderam suas três primeiras partidas, mas venceram as últimas três e já estão na sexta posição na tabela de classificação.

Já o Leverkusen marcou sete pontos nas últimas três rodadas e ocupam um bom quinto lugar.

Confira todos os resultados da rodada:
Colônia 1 – 1 Hoffenheim
Bayern de Munique 1 – 2 Mainz
Schalke 04 2 – 2 Borussia M´Gladbach
Stuttgart 1 – 4 Bayer Leverkusen
Eintracht Frankfurt 2 – 0 Nuremberg
St. Pauli 1 – 3 Borussia Dortmund
Werder Bremen 3 – 2 Hamburgo
Wolfsburg 2 – 1 Freiburg
Kaiserslautern 0 – 1 Hannover

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Mainz dispara na liderança

Ninguém segura o Mainz 05. Na quinta rodada da Bundesliga o time da cidade do carnaval venceu o Colônia por 2 a 0 e abriu três pontos de vantagem para o Borussia Dortmund.

Se nas rodadas passadas o jovem Schurrle de 19 anos vinha fazendo a diferença para o Mainz, desta vez foi seu substituto, Lewis Holtby, que deu a vitória para a equipe com dois gols no final da partida.

O Dortmund também fez bonito vencendo o Kaiserslautern por 5 a 0. Destaque para Sahin que deu assistência para os três primeiros gols da equipe.

Mesmo perdendo para o Bayern de Munique por 2 a 1, o Hoffenheim ainda ocupa a terceira posição na tabela de classificação. O gol de Daniel van Buyten que acabou com a invencibilidade do Hoffenheim saiu nos acréscimos da partida.

Enfim uma vitória
O Schalke 04 precisou de cinco rodadas para marcar seus primeiros pontos na Bundesliga. Mais ainda: precisou de um gol aos 42 minutos do segundo tempo para garantir a vitória. Huntelar foi o herói dos Azuis Reais.

Mesmo com a vitória o Schalke ainda é o último colocado na competição. Ao seu lado, mas com melhor saldo de gols estão Stuttgart e Borussia M´Gladbach.

Curtas
Invicto – Com a derrota do Hoffenheim, o Mainz é a única equipe invicta da Bundesliga.

Se não fosse os acréscimos... – O poderoso Bayern de Munique venceu duas partidas na Bundesliga. O curioso é que as duas vitórias saíram com gols após os 45 minutos do segundo tempo.

Bailly – Não está fácil a vida do goleiro Bailly do B. M´Gladbach. O goleiro belga sofreu 17 gols na Bundesliga, 13 nos últimos três jogos.

Confira todos os resultados da rodada:
Mainz 2 – 0 Colônia
Hoffenheim 1 – 2 Bayern de Munique
Hannover 4 – 1 Werder Bremen
Bayer Leverkusen 2 – 1 Eintracht Frankfurt
Borussia Dortmund 5 – 0 Kaiserslautern
Hamburgo 1 – 3 Wolfsburg
Borussia M´Gladbach 1 – 2 St. Pauli
Freiburg 1 – 2 Schalke 04
Nuremberg 2 – 1 Stuttgart

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Deu a louca na Bundesliga

Após três rodadas, três dos principais times da Bundesliga ocupam os últimos lugares do torneio.
Stuttgart, Schalke 04 e Wolfsburg perderam suas três partidas e fazem uma campanha que nem o mais pessimista de seus torcedores imaginaria.

Veja o peso dessas equipes na Bundesliga atual.

O Schake 04 é o atual vice-campeão do torneio e disputará a Liga dos Campeões da Europa nesta temporada. A equipe do técnico Felix Magath foi uma das que mais contratou para a temporada.

Já o Wolfsburg venceu o torneio alemão duas temporadas atrás e tem praticamente o mesmo elenco daquela temporada. Pode-se dizer que a equipe perdeu o meia Misimovic, mas em contrapartida a equipe contratou o brasileiro Diego.

O Stuttgart também venceu a Bundesliga nos últimos anos e como de costume tem em seu elenco a maioria dos jovens talentos alemães. Os schwabens pouco contratam, mas também tem praticamente o mesmo elenco da última temporada.

Enquanto isso na ponta da tabela...
Se lá trás as grandes equipes lutam para conseguir marcar seu primeiro ponto na competição, no topo da tabela duas pequenas equipes lideram a competição.

Hoffenheim e Mainz são as duas únicas equipes com 100% de aproveitamento.

No caso do Hoffenheim, que tem no brasileiro Luis Gustavo um dos seus principais jogadores, a posição pode ser justificada pelo bom elenco da equipe.

Mas o caso do Mainz é diferente. A equipe da cidade do carnaval não tem nenhum jogador de peso. Vale destacar apenas o jovem Lewis Holtby. Emprestado pelo Schalke 04, o meia é um dos melhores jogadores deste início de Bundesliga.

Hamburgo é o primeiro entre os grandes
Entre as equipes que devem estar entre os ponteiros no final da temporada, o Hamburgo ocupa a melhor posição.

O HSV é o terceiro colocado e deve lutar pelo título. A contratação do zagueiro Westermann parece ter estabilizado a sempre instável defesa da equipe e o meia Zé Roberto faz um começo de temporada fantástico, liderando a equipe em campo.

Confira os resultados da rodada:
Hoffenheim 2 – 0 Schalke 04
Borussia Dortmund 2 – 0 Wolfsburg
Hamburgo 1 – 1 Nuremberg
Borussia M´Gladbach 0 – 4 Eintracht Frankfurt
Freiburg 2 – 1 Stuttgart
Hannover 2 – 2 Bayer Leverkusen
Bayern de Munique 0 – 0 Werder Bremen
Mainz 2 – 1 Kaiserslautern
Colônia 1 – 0 St. Pauli

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Hamburgo é o único 100% entre os grandes

A segunda rodada da Bundesliga terminou com cinco times empatados com 100% de aproveitamento. Mais interessante ainda é observar que entre os grandes, apenas o Hamburgo figura entre os cinco melhores.

Depois de vencer o Schalke 04 na estréia, dessa vez os hamburgueses passaram pelo Eintracht Frankfurt por 3 a 1 fora de casa.

Além do Hamburgo, Hoffenheim, Kaiserslautern, Mainz e Hannover também venceram suas duas partidas iniciais.

Do outro lado da tabela, três equipes grandes estão entre as piores da competição. Schalke 04, Wolfsburg e Stuttgart perderam seus dois primeiros jogos.

Destaque para o Stuttgart, que já é apontado pelos especialistas como equipe que pode descer para a segunda divisão.

Show de gols
Dois jogos se destacaram na rodada. Em Leverkusen, o Borussia M´Gladbach humilhou a equipe local com uma goleada por 6 a 3.

Destaque para o jovem Patrick Herrmann. O meia de 19 anos marcou dois gols na vitória do Borussia.

Com menos gols, mas com o mesmo nível de emoção, o Mainz venceu o Wolfsburg por 4 a 3. A equipe do carnaval perdia por 3 a 0 e conseguiu reverter o placar, para com isso, figurar entre os primeiros do torneio.

Destaques:
Patrick Herrmann – Com apenas 19 anos, o jogador do Borussia M´Gladbach foi eleito o craque da rodada pela revista Kicker.

Reues – Outro jovem do Gladbach também marcou na goleada e deve ser presença constante nas próximas listas do técnico Joachim Low.

Gotze – Considerado uma das maiores promessas do futebol alemão, Mario Gotze, de apenas 18 anos, marcou um gol na vitória do Borussia Dortmund frente ao Stuttgart.

Média de gols – Com 39 gols marcados em 9 jogos, a média de 4,3 por jogo é fantástica para o início da Bundesliga.

Confira todos os resultados da rodada:
Kaiserslautern 2 – 0 Bayern de Munique
Schalke 04 1 – 2 Hannover
Werder Bremen 4 – 2 Colônia
Wolfsburg 3 – 4 Mainz
Eintracht Frankfurt 1 – 3 Hamburgo
Nuremberg 1 – 2 Freiburg
St. Pauli 0 – 1 Hoffenheim
Bayer Leverkusen 3 – 6 Borussia M´Gladbach
Stuttgart 1 – 3 Borussia Dortmund

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Caçulas estréiam com vitória na Bundesliga

Começou a temporada 2010/2011 do Campeonato Alemão. Bayern de Munique e Bayer Leverkusen venceram na estréia e já pintam como favoritos ao título da temporada.

Os bávaros venceram o Wolfsburg na sexta-feira por 2 a 1, enquanto o Leverkusen conseguiu importante vitória fora de casa frente ao Dortmund, 2 a 0.

Quem também conseguiu importante vitória foi o Hamburgo. O HSV derrotou o rival Schalke 04 por 2 a 1 em seus domínios.

O placar mais elástico da rodada aconteceu no confronto entre Hoffenheim e Werder Bremen. O Hoffenheim goleou os verdes por 4 a 1, com todos os gols no primeiro tempo.

Mas, além das vitórias das equipes grandes, também vale destacar as vitórias do Kaiserslautern e do St. Pauli. Os dois caçulas da temporada venceram respectivamente Colônia e Freiburg, fora de casa, por 3 a 1.

Curtas
Mohamad – o zagueiro do Colônia colocou seu nome nos livros dos recordes da Bundesliga. O jogador foi expulso com apenas 80 segundos de jogo na partida contra o Kaiserslautern. A expulsão mais rápida da história da competição.

Sukuta-Pasu – O jovem atacante alemão, recém chegado ao St. Pauli, jogou apenas 10 minutos na partida contra o Freiburg. Foi o que ele precisou para fazer um gol e dar assistência para os outros dois gols da equipe de Hamburgo.

Schalke 04 – Os azuis reais entraram na competição como um dos favoritos ao título. Com apenas um jogo disputado, fica claro que a tarefa de Felix Magath no comando da equipe será bem difícil.

Confira todos os resultados da rodada:
Bayern de Munique
2 – 1 Wolfsburg
Hoffenheim 4 – 1 Werder Bremen
B. M´gladbach 1 – 1 Nuremberg
Colônia 1 – 3 Kaiserslautern
Freiburg 1 – 3 St. Pauli
Hannover
2 – 1 Eintracht Frankfurt
Hamburgo 2 – 1 Schalke 04
Mainz 2 – 0 Stuttgart
Borussia Dortmund 0 – 2 Bayer Leverkusen

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Uma nova temporada

Nesta sexta-feira começa mais uma temporada da Bundesliga. Como é de costume as equipes não gastaram muito em contratações e tudo indica que não deveremos ter nenhuma grande surpresa na luta pelo título.

Favoritos
O Bayern de Munique é mais uma vez o favorito ao título da competição. Os bávaros não fizeram nenhuma contratação, mas terão a volta de Toni Kroos, Andréas Ottl e Breno, que estavam emprestados na última temporada.

Em contra partida o Bayern perdeu alguns jogadores. Gorlitz, Rensing e Lell deixaram a equipe e ainda há dúvidas quanto a situação de Klose (que pode ir para a Inter de Milão) e o volante Tymoshchuk, que também deseja deixar a equipe.

O técnico van Gaal acredita que as revelações Thomas Muller, Badstuber e Contento podem render mais agora, agora com a experiência de uma temporada inteira com a equipe principal.

Além dos jovens, o técnico do Bayern espera uma retomada do bom futebol de Ribery, que esteve abaixo da média na temporada passada.

O atual vice-campeão Schalke 04 é a grande incógnita da temporada. Os azuis reais perderam algumas de suas peças principais. Rafinha, Kuranyi, Bordon e Westermann deixaram a equipe.

Para compensar o técnico Felix Magath conseguiu a contratação do zagueiro Metzelder e do atacante Raul. Aparentemente muito pouco para a equipe sonhar com o título.

O Bayer Leverkusen deve fazer outra boa temporada. O time das aspirinas contrataram o meio campista Ballack para substituir Toni Kroos e podem surpreender mais uma vez.

Patrick Helmes, que passou a temporada passada inteira machucado, voltou a equipe e é pode ser um dos melhores atacantes da competição.

Sempre candidato ao título o Werder Bremen perdeu seu principal jogador. O meia Mesut Ozil, destaque da Alemanha na última Copa do Mundo, deixou a equipe.

Em compensação os verdes trouxeram três atacantes: Felix Kroos, Kevin Schindler e Arnautovic.

O Borussia Dortmund vem melhorando nas últimas temporadas. Mesmo sem contratações de impacto, a equipe do Norte alemão tem direito a sonhar com uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa.

Como destaque, vale a pena observar o jovem Mario Gotze, considerado uma das maiores revelações do futebol alemão dos últimos anos. O jovem atacante veio das categorias de base da equipe.

O Hamburgo pode enfim sonhar com o título alemão. O Hamburgo fez boas contratações. Kakar, do Hertha Berlin, Westerman, do Schalke, e o zagueiro Diekmeier chegaram a equipe.

Em compensação o Hamburgo perdeu o lateral/zagueiro Boateng e o atacante Marcus Berg.

O saldo parece positivo e o Hamburgo deve lutar até o fim pelo título da Bundesliga.

O Stuttgart deve sofrer para ficar entre os primeiros colocados do Campeonato Alemão.

Os schwabens perderam bons jogadores para a próxima temporada. Khedira, Hleb, Osório, Lehmann, Schieber e Lanig, deixaram a equipe.

Para compensar a equipe terá a volta do volante Gentner que passou duas temporadas emprestado ao Wolfsburg. Aparentemente muito pouco para a equipe lutar pelas primeiras posições da Bundesliga.

Em breve uma matéria sobre as outras equipes que disputarão a primeira divisão da Bundesliga.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Sem surpresas na primeira fase da Copa da Alemanha

Terminou nesta segunda-feira a primeira fase da DFBPokal. Das dezoito equipes que disputam a primeira divisão, apenas Hannover e St. Pauli foram eliminados em sua estréia.


Entre as grandes equipes da Alemanha, o destaque foi o Bayer Leverkusen, que venceu o FK Pirmasens por 11 a 1.


O Bayern de Munique, atual campeão do torneio, venceu o Germânia Windeck por 4 a 0, mesmo placar do jogo entre Werder Bremen e Rot Weiss Ahlen.


No jogo que fechou a rodada o Schalke sofreu para vencer o VfR Aalen por 2 a 1.


Confira todos os resultados da rodada:

SV Wilhelmshaven 0:4 Eintracht Frankfurt

FC Ingolstadt 04 2:0 Karlsruher SC

VfB Lübeck 0:2 MSV Duisburg

FSV Frankfurt 2:0 SC Paderborn 07

VfL Osnabrück 2:3 FC Kaiserslautern (penaltis)

Jahn Regensburg 5:6 Arminia Bielefeld (penaltis)

FK Pirmasens 1:11 Bayer Leverkusen

Wacker Burghausen 0:3 Borussia Dortmund

SV Babelsberg 03 1:2 VfB Stuttgart

FC Oberneuland 0:1 SC Freiburg

SC Pfullendorf 0:2 Hertha BSC

Rot Weiss Ahlen 0:4 Werder Bremen

SC Verl 1:2 1860 München

Hansa Rostock 0:4 1899 Hoffenheim

Chemnitzer FC 1:0 FC St. Pauli

SV Sandhausen 1:3 FC Augsburg (penaltis)

SV Elversberg 5:4 Hannover 96 (penaltis)

Eintracht Braunschweig 1:2 SpVgg Greuther Fürth (penaltis)

Erzgebirge Aue 1:3 Borussia M'gladbach

Schwarz-Weiß Essen 1:2 Alemannia Aachen

TuS Koblenz 1:0 Fortuna Düsseldorf

Victoria Hamburg 1:0 Rot-Weiß Oberhausen

ZFC Meuselwitz 0:2 FC Köln

TuS Heeslingen 1:2 Energie Cottbus

Eintracht Trier 0:2 FC Nürnberg

Berliner AK 07 1:2 FSV Mainz 05

Hallescher FC 1:0 FC Union Berlin

Torgelower SV Greif 1:5 Hamburger SV

Preußen Münster 1:2 VfL Wolfsburg

Kickers Offenbach 3:0 VfL Bochum

Germania Windeck 0:4 Bayern München

VfR Aalen 1:2 FC Schalke 04

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Orgulho da seleção

A derrota para a Espanha nas semi-finais da Copa do Mundo da África do Sul deixou os torcedores da nationalelf tristes.

A Alemanha jogou o futebol mais bonito da Copa, mas não conseguiu superar a eficiência espanhola. Uma equipe mais organizada e que por jogar há muito tempo junto, foi superior e mereceu a vitória.

Na disputa do terceiro lugar, Alemanha e Uruguai lutaram para vencer, mas tiveram que se esforçar ainda mais para superar o desânimo de um jogo que pouco valia. A vitória alemã ratificou a idéia que a Alemanha poderia ter ido mais longe na competição.

Mas vamos esquecer o resultado final. O mais importante nesta Copa do Mundo foi para os torcedores alemães foi ver uma equipe jovem, com muito talento e que jogou o futebol mais vistoso da competição.

Se lembrarmos da Copa de 2006, a situação foi parecida, mas aquela seleção jogava em casa, o que deu uma motivação extra para a equipe.

Agora a Alemanha tem que mirar o título da Euro 2012. A conquista da segunda competição mais importante entre seleções dará a equipe um título importante e a experiência necessária para vencer a Copa de 2014.

Com um elenco tão jovem e com uma safra de jovens talentos tão farta, Low tem tudo para continuar a dar alegria aos torcedores da nationalelf.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Que show!

A seleção alemã deu mais um show na Copa do Mundo da África do Sul. Dessa vez foi a vez da Argentina sentir a força dos panzers alemães. Resultado: um humilhante quatro a zero.

Apesar da força da camisa alemã, poucos torcedores da nationalelf imaginavam que a seleção alemã pudesse fazer um papel tão bonito na Copa do Mundo.

Com uma equipe tão jovem e inexperiente é difícil dizer se a Alemanha está pronta para vencer a Copa do Mundo, mas não há dúvidas que o técnico Joachim Low tem nas mãos uma geração incrível e que pode dar muitas alegrias aos torcedores alemães.

Sem Muller
Um dos melhores jogadores da equipe, o jovem Thomas Muller, está fora da partida contra a Espanha pelas semi-finais da competição.

É difícil imaginar o quanto a Alemanha perde sem o jogador que é chamado de fenômeno pela imprensa alemã.

Piotr Trochowski deve ser seu substituto e é grande a dúvida sobre quanto a seleção alemã vai sentir a falta de Muller.

Trochowski é um jogador de armação e tem seu poderoso chute de média distância como arma principal.

O brasileiro Cacau também pode desempenhar a função de Muller, mas a presença do brasileiro deixaria a equipe mais vulnerável frente a forte equipe espanhola.

É mais um desafio para Low, que até agora faz um trabalho irretocável na Copa do Mundo.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Alemanha 4 x 1 Inglaterra

A Alemanha venceu a Inglaterra por 4 a 1 e avançou as quartas-de-final da Copa do Mundo. Tão importante quanto a vitória, foi a atuação individual de alguns jogadores. Vamos aos principais destaques da Alemanha na partida.

Thomas Muller
Impressionante. Sem dúvida essa é a palavra que melhor descreve a atuação do jovem jogador do Bayern de Munique. Chamado de fenômeno pela imprensa alemã antes do torneio, Muller vem comprovando a expectativa que o cercava.

Com dois gols e uma assistência, Muller mostrou que ainda pode dar muitas alegrias aos torcedores alemães nesta Copa do Mundo e provavelmente por muito tempo.

Mesut Ozil
As vezes meio sumido em campo, parece estar até meio alheio ao jogo. Mas é assim que normalmente se posta os melhores armadores das grandes equipes.

Mais uma vez Ozil foi decisivo, assim como no jogo contra a Austrália e também contra Gana. Ontem, em um contra-ataque fantástico da seleção alemã, Ozil teve a calma necessária para esperar o momento certo para tocar para Muller marcar o quarto gol da seleção alemã.

Bastian Schweinsteiger
Schweini, como é chamado, demonstrou mais uma vez ser o melhor volante da Copa do Mundo. Volante moderno, ataca e defende com a mesma qualidade.

Com essas qualidades Schweinsteiger anulou o meio campo inglês e ainda deu um belo passe para o terceiro gol da Alemanha.

Miroslav Klose
Poucos torcedores imaginavam que Klose brilharia na Copa do Mundo. O atacante alemão vem caindo de produção ano após ano e nesta temporada fez apenas três gols na Bundesliga.

Mas na Copa do Mundo tudo muda para Klose. Ele marcou o primeiro gol alemão na partida e já chega a doze em Copas do Mundo.

Per Mertesacker
Mertesacker vem sendo pouco falado na Copa do Mundo, mas o zagueiro do Werder Bremen vem mostrando um ótimo futebol e ajudando a Alemanha a conseguir vitórias.

Com 1,98 m de altura Mertesacker ganhou praticamente todas as bolas pelo alto, facilitando a vida do goleiro Neuer.

Seu ponto fraco, a lentidão, vem sendo compensado com um bom posicionamento e também pelo entrosamento com seu parceiro de zaga, Arne Friedrich.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Insistência de Low pode custar caro

A derrota para a Sérvia por 1 a 0 na última sexta-feira fez reacender as críticas ao técnico Joachim Low.

O técnico alemão bancou a escalação da dupla Klose-Podolski mesmo após a fraquíssima temporada dos dois jogadores na última temporada da Bundesliga.

A vitória contra a Austrália por 4 a 0 escondeu o fato dos dois jogadores estarem em má condição técnica e fez os alemães acreditarem que na Copa do Mundo tudo poderia ser esquecido.

Não foi o que aconteceu. Klose foi expulso bisonhamente após fazer uma falta por trás e já ter cartão amarelo. Podolski perdeu vários gols e ainda perdeu o pênalti que poderia salvar a Alemanha.

É certo que a Alemanha jogou bem mesmo com um homem a menos, mas é triste para o torcedor alemão imaginar uma eliminação precoce da Copa tendo uma geração com vários bons jogadores.

Contra Gana a Alemanha terá que vencer e ainda torcer para que Schweinsteiger, Khedira, Lahm e Ozil, principais jogadores da equipe, não levem mais um cartão amarelo, o que tirariam os mesmos das oitavas-de-final da competição.

Para o lugar de Klose no jogo decisivo o técnico Joachim Low deve escalar o brasileiro Cacau. Além dele, Jansen deve ganhar a vaga de Badstuber pela lateral direita.

Mesmo sendo superior a equipe africana, a Alemanha deverá ter dificuldades para superar a equipe ganesa. Controlar a ansiedade em um jogo tão importante será o maior desafio para a jovem equipe alemã.

Outro grande perigo para a seleção alemã está na arbitragem. O brasileiro Simon, conhecido pelas trapalhadas e invenção de faltas inexistentes, será o árbitro da partida.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Alemanha vence estréia com facilidade

A Alemanha mostrou neste domingo um bom futebol e venceu a seleção da Austrália por 4 a 0.

A desconfiança dos torcedores alemães que não acreditavam na seleção e principalmente em seus atacantes Lukas Podolski e Miroslav Klose se desfez aos 8 minutos de partida quando Ozil lançou para Thomas Muller que tocou para trás e encontrou Podolski que marcou em um belo chute na entrada da área.

Aos 26 minutos foi a vez de Klose acalmar os desconfiados torcedores alemães marcando de cabeça após cruzamento de Lahm.

A Alemanha continuou controlando a partida e o terceiro gol, marcado por Thomas Muller, e o quarto feito pelo brasileiro Cacau só ratificaram a bela partida da seleção alemã.

Apesar de não ter marcado, Ozil foi o melhor jogador da equipe. O jovem meia do Werder Bremen não sentiu a estréia e foi o maestro da nationalelf.

A defesa também se mostrou segura, mas ainda terá que provar sua qualidade contra seleções de melhor qualidade.

Na sexta-feira a Alemanha enfrenta a Sérvia e sem a pressão da estréia, pode demonstrar mais uma vez o futebol mais vistoso da Copa do Mundo até agora.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Gratidão fala mais alto e Beck é cortado

O técnico Joachim Low definiu hoje o único jogador a ser cortado da equipe que irá disputar a Copa do Mundo da África do Sul.

A gratidão do técnico Joachim Low, que prefere levar jogadores que já fizeram muito pela Alemanha no passado, falou mais alto e o jovem Andreas Beck foi cortado da equipe.

Com isso a Alemanha irá a Copa do Mundo com seis atacantes, sendo dois deles reservas de sua equipe, Mario Gómez e Miroslav Klose, e mais Podolski que fez apenas dois gols pela pequena equipe do Colônia na última temporada da Bundesliga.

Os amistosos da Alemanha comprovaram ser apenas um grande jogo de cena, já que mesmo com as ridículas apresentações de Klose e Podolski, os dois permanecerão com a equipe que disputa a Copa do Mundo.

Beck. lateral do Hoffenheim, foi chamado sete vezes para defender a seleção, mas aparentemente não conseguiu convencer o técnico de suas qualidades.

Em contrapartida, Badstuber e Aogo, que nunca haviam sido convocados pelo técnico conseguiram uma vaga entre os 23 que viajam para África do Sul.

Agora resta saber qual o critério será utilizado para definir os onze titulares da equipe. Se Low utilizar o mesmo critério que usou para cortar Beck, a Alemanha terá ainda mais dificuldades na Copa do Mundo.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A angústia do corte

O técnico Joachim Low prorrogou a angústia dos jogadores alemães que ainda não tem vaga garantida para a Copa do Mundo.

Low afirmou que só definirá os três jogadores que serão cortados da seleção depois da apresentação dos jogadores do Bayern de Munique que disputarão no sábado a final da Liga dos Campeões da Europa.

O anúncio, que será feito na segunda-feira, deixa ainda mais apreensivos os jogadores que sabem que podem voltar para casa mais cedo.

Marco Marin, meia do Werder Bremen, já passou por isso na Euro2008, mas acredita que a situação agora é totalmente diferente, já que ele foi um dos destaques da última edição da Bundesliga.

Piotr Trochowski também corre risco. O meia do Hamburgo não foi bem na atual temporada e tenta provar nos treinos que pode ser útil a seleção.

Outro jogador que vive a angústia do corte é Marcell Jansen. O lateral esquerdo do Hamburgo se apresentou à seleção machucado e corre contra o tempo para não ficar de fora da Copa do Mundo.

Outros três jogadores que estão na berlinda são Boateng, Aogo e Beck. O meio-campista Trasch deve ficar no elenco, já que é o único que pode desempenhar a função de Ballack na equipe.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Ballack fora. E agora?

Michael Ballack, capitão da seleção alemã e considerado melhor jogador do país nos últimos anos, está fora da Copa do Mundo.

Ballack é o único jogador da nationalelf que joga fora do país e é também o mais experiente do grupo. Fica a dúvida do que será da campanha dos comandados do técnico Joachim Low sem seu capitão, mas diferente da maioria não considero que a Alemanha terá uma grande perda sem seu principal astro.

Há tempos Ballack não demonstra o futebol que o levou a ser um dos melhores jogadores do mundo. O última grande momento do jogador foi na Eurocopa de 2008, depois disso, cada vez mais burocrático, pouco o jogador acrescentou a seleção da Alemanha.

Não resta dúvida que a experiência do jogador e sua liderança em campo farão falta para a Alemanha, mas acredito que no jogo em si, a Alemanha tem tudo para superar essa perda.

Ballack vinha jogando cada vez mais recuado na seleção, praticamente como primeiro volante. Com Schweisteiger também jogando como volante, a Alemanha acabava por ter um meio campo defensivo pouco marcador.

Com a saída de Ballack, Low terá que utilizar um volante mais marcador na posição. Aparentemente o escolhido será Khedira do Stuttgart, já que Rolfes está fora por contusão e Frings teve problemas disciplinares com o técnico da seleção.

Essa situação deixará a Alemanha mais compacta e isso deve dar mais liberdade para os bons meias da seleção produzirem jogadas ofensivas.

Frings é o único volante alemão com experiência suficiente para encarar grandes partidas, mas com o jogador do Werder Bremen já descartado pela comissão técnica, Low terá que torcer o jovem Khedira entrar e jogar bem.

Resta saber se a pouca ou quase nenhuma experiência de Khedira não pesará a partir das oitavas de final da competição.

O novo capitão
Com Ballack fora, fica a dúvida de quem será o capitão da nationalelf na Copa do Mundo. Como Klose não deve ser titular da seleção, Bastian Schweinsteiger deve ser o escolhido de Low para levar a braçadeira da jovem seleção alemã.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Gol no final coloca Schalke na briga pelo título

Não vai faltar emoção nas últimas rodadas da Bundesliga. Com um gol de Westermann aos 43 minutos do segundo tempo o Schalke 04 bateu o Hertha Berlin e empatou em pontos com o Bayern de Munique na luta pelo título.

O Bayern de Munique, visivelmente preocupado com a semi-final da Liga dos Campeões da Europa, não conseguiu passar de um empate com o Borussia M´gladbach.

Pior que o empate para o Bayern de Munique foram as contusões de Demichelis e van Buyten que podem ficar de fora do jogo frente ao Lyon na terça-feira.

Com esses resultados somente na última rodada saberemos quem levará a salva de prata nesta temporada.

Outra briga interessante é pela última vaga para a próxima LC. Werder Bremen, Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund venceram e provavelmente lutarão até a última rodada para definir o terceiro colocado da Bundesliga.

A tarefa mais difícil é a do atual terceiro colocado. O Werder Bremen terá que encarar o Schalke 04 fora de casa na próxima rodada.

Na parte debaixo da tabela o Freiburg parece ter escapado do rebaixamento após a vitória frente ao Wolfsburg por 1 a 0.

Com isso, Nuremberg e Bochum com 28 pontos, Hannover com 27 e o Hertha Berlin com apenas 23, lutam desesperadamente para fugir da segundona alemã.

Não faltará emoção nas duas últimas rodadas. Título, vaga na LC e luta contra o rebaixamento, um prato cheio para os fãs da Bundesliga.

Confira todos os resultados da rodada:
Bochum 0 – 2 Stuttgart
Borussia M´Gladbach 1 – 1 Bayern de Munique
Nuremberg 2 – 3 Borussia Dortmund
Hertha Berlin 0 – 1 Schalke 04
Bayer Leverkusen 3 – 0 Hannover
Mainz 3 – 3 Eintracht Frankfurt
Werder Bremen 1 – 0 Colônia
Hoffenheim 5 – 1 Hamburgo
Freiburg 1 – 0 Wolfsburg

terça-feira, 20 de abril de 2010

Vitória de campeão

O Bayern de Munique assumiu a liderança da Bundesliga duas rodadas atrás e caminha a passos largos para a conquista do título alemão.

A vitória humilhante frente ao Hannover por 7 a 0 demonstrou isso neste fim de semana.

Com mais um show de Robben, é difícil imaginar que os bávaros deixarão de levantar a salva de prata ao final da temporada.

As semi-finais da Liga dos Campeões da Europa e a disputa da final da Copa da Alemanha são os maiores adversários da equipe para a conquista da Bundesliga.

Se o Bayern conseguir dosar sua força na disputa das três competições, pouco o Schalke 04 pode fazer para conquistar o título.

Reação tardia
Não há dúvidas que o Werder Bremen é sempre um show a parte na Bundesliga. Em quase todas as temporadas a equipe termina com o melhor ataque e no atual campeonato não é diferente.

Infelizmente a reação do Werder Bremen demorou para acontecer na temporada, mas mesmo assim a equipe já ocupa a terceira colocação no campeonato e deve garantir uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

O Werder pode ainda “dar” o título da temporada ao Bayern de Munique, já que na penúltima rodada enfrentará o Schalke 04 fora de casa.

A atual fase do Werder pode ter bom reflexo na seleção alemã. Ozil e Marin estão em ótima fase e o técnico Joachim Low terá dois dos seus melhores jogadores em ótima fase na Copa do Mundo.

Uma vaga para os sétimo colocado
Com Werder Bremen e Bayern de Munique no topo da tabela, a final da Copa da Alemanha não dará ao campeão uma vaga na Liga Europa.

Bom para Stuttgart e Hamburgo que agora lutam para chegar em sétimo lugar e garantir uma vaga na competição européia.

Confira todos os resultados da rodada:
Colônia 2 – 0 Bochum
Stuttgart 2 – 1 Bayer Leverkusen
Wolfsburg 2 – 4 Werder Bremen
Schalke 04 3 – 1 Borussia M´Gladbach
Hamburgo 0 – 1 Mainz
Freiburg 2 – 1 Nuremberg
Bayern de Munique 7 – 0 Hannover
Borussia Dortmund 1 – 1 Hoffenheim
Eintracht Frankfurt 2 – 2 Hertha Berlin

terça-feira, 13 de abril de 2010

Jovens talentos x Medalhões

As vésperas da Copa do Mundo o técnico Joachim Low vive um dilema parecido com o de Dunga para convocar os 23 jogadores que irão ao mundial.

A questão é: levar jovens jogadores que estão em boa fase ou acreditar nos jogadores mais experientes, mesmo que esses não estejam em boa fase.

Esse dilema se espalha por todas as posições da esquadra alemã.

No gol os preferidos do técnico alemão são René Adler e Manuel Neuer, mas a fase dos dois goleiros não é boa e muitos se perguntam se Frank Rost ou Jorg Butt não mereciam uma chance de integrar os 23 jogadores que irão para a Copa do Mundo.

Na linha defensiva o problema é o mesmo. Só que dessa vez o técnico prefere os mais experientes. Arnie Friedrich, Heiko Westermann e até, pasmem, Robert Huth foram lembrados pelo técnico nas últimas convocações, deixando de fora jovens zagueiros que vem se destacando na atual temporada.

Howedes e Matt Hummels ainda não tiveram chance de mostrar seu futebol e Castro, convocado poucas vezes, tem pequenas chances de estar entre os 23 convocados para a Copa do Mundo.

O meio campo da nationalelf, onde a Alemanha tem fartura de jovens talentos, é aonde a coisa complica mais. Mesmo em má fase Michael Ballack e Thomas Hitzlsperger devem ser nomes certos na Copa do Mundo.

Mas para levar os dois veteranos Low terá que deixar de fora alguns dos melhores jogadores que surgiram na Alemanha nos últimos anos. Mesut Ozil, Marco Marin, Toni Kroos, Aaron Hunt e Gebhart terão que torcer muito para conseguirem ir para a Copa do Mundo.

As contusões de Khedira, Rolfes e Jansen podem dar uma chance maior para os garotos, mas é pouco provável que todos eles possam viajar para a África do Sul.

No ataque Low claramente prefere confiar nos medalhões. Jogadores que partiparam da última Copa do Mundo e mesmo em má fase terão nova chance na África do Sul.

Klose, Podolski fazem temporadas medíocres, mas tem vaga garantida na Copa do Mundo. Com isso Kiessling, Réus, Cacau e Thomas Muller tem sua merecida vaga ameaçada.

Sem ter feito os devidos testes, fica difícil dizer se os garotos poderiam fazer bom papel na próxima Copa do Mundo. A experiência conta muito em competições importantes, mas será suficiente para levar a Alemanha as fases finais da competição?

Abaixo segue uma lista com os possíveis convocados para a Copa do Mundo e sua chance de defender a Alemanha na África do Sul. Os jogadores estão divididos em três categorias: garantido na copa, provável convocação e poucas chances de ir a Copa.

GOLEIROS:
Adler e Neuer: garantidos – Wiese provável convocação – Rost e Butt: poucas chances.

DEFENSORES:
Laterais:
Lahm: garantido – Boateng, Schafer e Beck: provável convocação – Hinkel, Castro e Trasch: poucas chances.

Zagueiros:
Westermann, Mertesacker e Tasci: garantido – Friedrich: provável convocação – Howedes, Huth, Hummels e Badstuber: poucas chances.

Meio-campo:
Ballack, Schweinsteiger, Ozil e Hitzlsperger: garantidos
Trochowski, Marin, Kroos e Gentner: provável convocação
Hunt e Gebhart: poucas chances.

Ataque:
Klose, Podolski e Gomez: garantidos.
Kiesslking e Cacau: provável convocação.
Thomas Muller e Reus: poucas chances.

PS1: Khedira, Rolfes e Jansen: estariam garantidos na Copa, mas machucados são dúvidas para a Copa do Mundo.
PS2: Alguns jogadores que jogam em mais de uma posição, para não complicar os coloquei em apenas uma delas. São os casos de Marin, Hunt e Réus por exemplo.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Bremen entra na luta por vaga na LC

Em uma rodada em que pouco mudou no topo da tabela, o destaque da trigésima rodada da Bundesliga foi a vitória do Werder Bremen por 4 a 0 frente ao Freiburg.

O resultado colocou o Werder a apenas dois pontos do Bayer Leverkusen, terceiro colocado na Bundesliga, e equipe que no momento conseguiria uma vaga na repescagem da Liga dos Campeões da Europa.

Os números demonstram a ótima fase dos verdes do Norte. Nos últimos dez jogos foram sete vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

O ataque, como sempre, é o ponto forte da equipe. Com Marin, Ozil e Pizzarro inspirados, o Bremen ostenta o melhor ataque da competição com 63 gols. Também como é de costume a defesa é o ponto fraco com 37 gols sofridos em 30 jogos.

Quatro primeiros não conseguem vitória na rodada
O Schalke 04 imaginou que venceria o fraco Hannover e voltaria a encostar no Bayern de Munique na luta pelo título da Bundesliga.

Não foi o que aconteceu. Os azuis reais sofreram uma goleada por 4 a 2. Parte da derrota pode ser creditada a Manuel Neuer, goleiro da seleção alemã, responsável por dois dos gols do Hannover.

Para sorte do Schalke o Bayern de Munique só empatou com o Bayer Leverkusen fora de casa. O placar de 1 a 1 pode ser considerado bom, depois de uma semana desgastante, na qual o time da Baviera avançou para as semi-finais da Liga dos Campeões da Europa.

Hertha próximo do rebaixamento
Depois de uma boa recuperação no segundo turno, o Hertha Belin voltou a perder jogando em casa contra o Stuttgart e está cada vez mais próximo do rebaixamento.

A equipe da capital alemã está cinco pontos atrás do Hannover, décimo sexto colocado, e equipe que disputaria o play-off contra o terceiro colocado da segunda divisão da Bundesliga.

Agora o Hertha precisa vencer suas próximas quatro partidas e ainda torcer por tropeços de Nuremberg, Bochum, Hannover e Freiburg, para permanecer na elite do futebol alemão.

Confira todos os resultados da rodada:
Borussia M´Gladbach 2 – 0 Eintracht Frankfurt
Hertha Belin 0 – 1 Stuttgart
Mainz 1 – 0 Borussia Dortmund
Hannover 4 – 2 Schalke 04
Hoffenheim 0 – 2 Colônia
Werder Bremen 4 – 0 Freiburg
Bayer Leverkusen 1 – 1 Bayern de Munique
Bochum 1 – 2 Hamburgo
Nuremberg 0 – 2 Wolfsburg

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Bayern retoma a liderança

O Bayern de Munique venceu o Schalke 04 fora de casa e retomou a liderança da Bundesliga. Os bávaros venceram em Gelsenkirchen por 2 a 1 e estão um ponto a frente dos rivais do Norte.

A vitória do Bayern foi construída em apenas dois minutos. Aos 25 minutos de jogo Ribery marcou da entrada da área após bola rebatida pela defesa.

Logo na saída de bola após o gol, Rafinha bobeou e perdeu a bola para Altintop que lançou Olic. O croata rolou para Muller marcar o segundo da equipe de Munique.

O Schalke foi para frente e descontou com Kuranyi. O brasileiro marcou de cabeça após lançamento de Rafinha.

Aos 41 minutos Altintop foi expulso e obrigou o time da Baviera a jogar o segundo tempo inteiro com um jogador a menos. Mesmo com a vantagem numérica, os azuis reais não foram capazes de empatar a partida.

Leverkusen fora da briga
Quem desistiu de vez pelo título da Bundesliga foi o Bayer Leverkusen. O time do brasileiro Renato Augusto foi derrotado pelo Eintracht Frankfurt por 3 a 2.

Agora a equipe das aspirinas luta para manter a terceira posição na tabela e conseguir uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa.

Hertha ainda sonha
Depois de vencer o Colônia por 3 a 0 o time da capital alemã voltou a sonhar em escapar do rebaixamento.

O time dos brasileiros Cícero e Raffael tem 22 pontos, três a menos do Freiburg, equipe que está na décima sexta posição e que no momento disputaria o play-off com o terceiro colocado da segunda divisão alemã uma vaga para se manter na primeira divisão.

Confira todos os resultados da rodada:
Schalke 04 1 – 2 Bayern de Munique
Eintracht Frankfurt 3 – 2 Bayer Leverkusen
Borussia Dortmund 2 – 1 Werder Bremen
Freiburg 1 – 1 Bochum
Stuttgart 2 – 1 Borussia M´Gladbach
Nuremberg 2 – 0 Mainz 05
Colônia 0 – 3 Hertha Berlin
Wolfsburg 4 – 0 Hoffenheim
Hamburgo 0 – 0 Hannover 96

segunda-feira, 29 de março de 2010

Kuranyi leva Schalke a liderança da Bundesliga

A Bundesliga tem um novo líder há seis rodadas do final do torneio.

Isso graças a Kevin Kuranyi que marcou os dois gols do Schalke na convincente vitória frente ao Bayer Leverkusen fora de casa.

Os azuis reais ainda foram beneficiados pela segunda derrota seguida do Bayern de Munique na competição. Os bávaros perderam em casa para o Stuttgart por 2 a 1.

Além de ajudar a equipe a assumir a liderança da Bundesliga, Kuranyi tem outros dois motivos para comemorar.

O primeiro é que o atacante é o novo artilheiro da Bundesliga com 17 gols, um a mais que Kiessling do Bayer Leverkusen.

O segundo motivo é que faltando 74 dias para o início da Copa do Mundo o técnico Joachim Low deu a entender que pode dar uma nova chance para o atacante assumir uma vaga entre os 23 jogadores que defenderão a Alemanha na África do Sul.

O jogo do ano
Na semana que vem a Bundesliga pode praticamente definir seu campeão. Isso porque o Schalke 04 receberá o Bayern de Munique na Veltins Arena.

Se os azuis reais vencerem, abrirão cinco pontos de vantagem e dificilmente serão alcançados faltando cinco jogos para o fim do campeonato.

Confira todos os resultados da rodada:
Bochum 1 – 2 Eintracht Frankfurt
Mainz 0 -2 Wolfsburg
Bayern de Munique 1 – 2 Stuttgart
Hertha Berlin 0 – 0 Borussia Dortmund
Hannover 1 – 4 Colônia
Werder Bremen 4 – 2 Nuremberg
Bayer Leverkusen 0 – 2 Schalke 04
Hoffenheim 1 – 1 Freiburg
Borussia M´Gladbach 1 – 0 Hamburgo

segunda-feira, 22 de março de 2010

Schalke perde chance de assumir a liderança

A vigésima sétima rodada da Bundesliga quase apresentou um novo líder no campeonato alemão.

Isso porque o Bayern de Munique perdeu para o Eintracht Frankfurt por 2 a 1, mas o Schalke 04 que jogou no domingo, não foi capaz de bater o Hamburgo fora de casa.

No sábado o Bayern jogou mal desde o início da partida. Mesmo assim abriu o marcador aos 7 minutos com Miroslav Klose. Após o gol o time da Baviera recuou e imaginou que em um contra ataque aniquilaria o Frankfurt.

Não foi o que aconteceu. O Frankfurt dominou toda a partida e com dois gols nos minutos finais conseguiu uma vitória heróica.

Ainda para a alegria dos torcedores do Schalke 04, o Bayer Leverkusen perdeu para o Borussia Dortmund fora de casa por 3 a 0. Mesmo dominando todo o primeiro tempo o time das aspirinas não conseguiu abrir o placar.

O castigo veio no segundo tempo. Barrios, aos 5 e aos 15 minutos, marcou para o Dortmund e faltando três minutos para o final da partida Rangelov marcou o terceiro da equipe da casa.

Com esses resultados o Schalke só precisaria vencer o Hamburgo fora de casa para assumir a liderança da competição.

Aos 40 minutos Nistelrooy abriu o placar para os hanseáticos. No segundo tempo o Schalke foi para cima e virou a partida com Kuranyi e Rakitic.

Quando já se imaginava a vitória do Schalke, Pitroipa empatou a partida após bela jogada de Trochowski.

Com o resultado o Schalke ficou apenas um ponto atrás do Bayern e a disputa deve ficar ainda mais emocionante nas sete rodadas que faltam para o fim do campeonato.

Confira todos os resultados da rodada:
Colônia 1 – 1 Borussia M´Gladbach
Eintracht Frankfurt 2 – 1 Bayern de Munique
Nuremberg 0 – 0 Hoffenheim
Stuttgart 2 – 0 Hannover
Werder Bremen 3 – 2 Bochum
Freiburg 1 – 0 Mainz
Borussia Dortmund 3 – 0 Bayer Leverkusen
Hamburgo 2 – 2 Schalke 04
Wolfsburg 1 – 5 Hertha Berlin

segunda-feira, 15 de março de 2010

Robben salva Bayern de vexame

O Bayern de Munique, líder da Bundesliga, jogou no sábado para teoricamente cumprir tabela. Os bávaros enfrentaram o pequeno Freiburg, equipe que luta desesperadamente para fugir do rebaixamento.

Uma vitória que parecia fácil virou um pesadelo quando Makiadi abriu o placar para os visitantes aos 31 minutos do primeiro tempo e o líder da Bundesliga só conseguiu a vitória com dois gols nos 15 minutos finais da partida.

Robben, que vem salvando o Bayern semana após semana, fez seu trabalho novamente. Com um gol de falta aos 31 minutos e outro de pênalti aos 38, o holandês garantiu a vitória e a manutenção da liderança para sua equipe.

Na cola do Bayern está o Schalke 04 que contou com a sorte para bater o Stuttgart em casa por 2 a 1.

Os gols da partida aconteceram nos dez primeiros minutos do segundo tempo. Edu e Kuranyi marcaram para os azuis reais e Tasci descontou para os schwabens.

No domingo o Leverkusen se recuperou da derrota da semana passada vencendo o Hamburgo por 4 a 2. Sem Kroos machucado, o time das aspirinas precisou ainda mais do atacante Kiessling que marcou dois gols na partida.

Zé Roberto marcou um para o Hamburgo, mas foi pouco para os hanseáticos que já perderam a quarta posição na tabela de classificação para o Borussia Dortmund.

Confira todos os resultados da rodada:
Schalke 04 2 – 1 Stuttgart
Borussia M´Gladbach 0 – 4 Wolfsburg
Bochum 1 – 4 Borussia Dortmund
Mainz 1 – 0 Colônia
Hannover 2 – 1 Eintracht Frankfurt
Hertha Berlin 1 – 2 Nuremberg
Bayern de Munique 2 – 1 Freiburg
Hoffenheim 0 – 1 Werder Bremen
Bayer Leverkusen
4 – 2 Hamburgo

segunda-feira, 8 de março de 2010

E lá vem o Schalke

O Schalke é sem dúvida a equipe que joga o futebol mais feio entre os primeiros colocados da Bundesliga, mas a regularidade da equipe e o pragmatismo do técnico Felix Magath, podem levar a equipe ao título da competição.

Neste fim de semana a equipe bateu a boa equipe do Eintracht Frankfurt por 4 a 1 fora de casa e está a apenas dois pontos atrás do líder Bayern de Munique que só empatou com o Colônia por 1 a 1.

O outro candidato ao título, o Bayer Leverkusen, foi surpreendido pelo Nuremberg e perdeu sua invencibilidade: 3 a 2 na Baviera.

O grande problema do Schalke, ou melhor, o que deixa os azuis reais com um futebol menos vistoso que Bayern de Munique e Bayer Leverkusen é a falta de um meio campo criativo.

A equipe de Gelsenkirchen não tem um Ribery, não tem também um Renato Augusto ou Toni Kroos, cabe então a Magath criar um defesa quase intransponível, que tem em Howedes e Bordon seus pilares.

No ataque o questionável Kevin Kuranyi e o habilidoso Farfan tentam “achar” uma maneira de furar as defesas adversárias.

Com a volta de Westermann, que pode jogar de zagueiro, volante e lateral, os azuis reais demonstram que podem sim ser a surpresa da reta final da Bundesliga.

Jovens talentos
Não se pode dar ao Magath todo crédito por esse estilo de jogo vitorioso da equipe. Há quatro anos a equipe joga dessa maneira.

Mas o “mago” tem seus méritos, principalmente por lançar novos talentos que vem levando a equipe aos bons resultados na atual temporada.

Matip, Schmitz e Moritz são alguns exemplos de jovens talentos que Magath lançou a equipe principal. Além deles o técnico contratou outros garotos de habilidade, como Baumjohann e Kluge.

Com o retrospecto de ser o atual campeão alemão dirigindo a pequena equipe do Wolfsburg, tem que se acreditar que o treinador pode levar o Schalke ao seu primeiro título após mais de 50 anos de espera.

Confira todos os resultados da rodada:
Colônia 1 – 1 Bayern de Munique
Werder Bremen 2 – 2 Stuttgart
Hamburgo 1 – 0 Hertha Berlin
Eintracht Frankfutt 1 – 4 Schalke 04
Freiburg 1 – 2 Hannover
Wolfsburg 4 – 1 Bochum
Borussia Dortmund 3 – 0 Borussia M´gladbach
Nuremberg 3 – 2 Bayer Leverkusen
Hoffenheim 0 – 1 Mainz

quarta-feira, 3 de março de 2010

“Nova Alemanha” encara Argentina em amistoso

Há poucos meses para a Copa do Mundo o técnico Joachim Low utilizará o amistoso contra a Argentina para testar novos jogadores e assim definir a equipe que irá representar o país na Copa do Mundo da África do Sul.

A primeira mudança importante é no meio campo defensivo. Bastian Schweinsteiger que por anos atuou como meia de ligação será recuado para jogar como volante, da mesma maneira que vem jogando no Bayern de Munique.

As outras mudanças estão na armação das jogadas. Low afirmou que Thomas Muller e Toni Kroos terão sua chance de mostrar se tem capacidade de estar entre os 23 jogadores que irão a Copa do Mundo.

Com Mesut Ozil praticamente com uma das duas vagas, Kroos e Muller lutarão por uma das vagas na equipe titular.

O mais provável é que cada um dos dois jogadores atuem por meio tempo.

O ataque deve continuar o mesmo dos últimos quatro anos, com Klose e Podolski.

A partida será transmitida pela Sportv a partir das 16:45.

Confira a provável escalação das equipes para a partida:
Alemanha:
Adler - Boateng, Mertesacker, Tasci, Lahm - Schweinsteiger, Ballack - T. Müller, Özil, Podolski - Klose

Argentina: Romero - Rodriguez, Demichelis, Samuel, Heinze - Mascherano - Veron - Gutierrez, di Maria - Messi, Higuain

segunda-feira, 1 de março de 2010

Enfim um novo líder

Na terceira rodada da atual temporada da Bundesliga, o Bayer Leverkusen assumiu a liderança da competição.

No começo ainda dividia a primeira posição com o Hamburgo, mas algumas rodadas depois reinou absoluto na ponta da tabela.

Mas a alegria dos torcedores do Leverkusen terminou na vigésima quarta rodada. Jogando em casa o time do maestro Toni Kroos não passou de um empate frente ao Colônia.

O resultado deu ao Leverkusen o recorde de equipe mais tempo invicta na história da Bundesliga, mas ao mesmo tempo deu ao Bayern de Munique, que jogaria no domingo, a chance de assumir a liderança do torneio.

Foi o que aconteceu. No domingo, apoiado pela torcida bávara que lotou a Allianz Arena, o Bayern venceu o arqui-rival Hamburgo por 1 a 0. O gol dos bávaros foi marcado por Ribery.

A liderança do Bayern, agora dois pontos a frente do Leverkusen, é merecida. Mesmo com duas derrotas no torneio o time de Ribery já está há dezenove partidas sem perder e tudo leva a crer que o gigante de Munique deve manter a liderança nas dez rodadas finais do torneio.

Quem ainda sonha com o título é o Schalke 04 que, quatro pontos atrás do Bayern, ainda acredita numa arrancada nas rodadas finais para conquistar um título que não vê há mais de cinqüenta anos.

A vantagem do Leverkusen é que a equipe pode se concentrar apenas na Bundesliga, enquanto o Bayern ainda disputa a Liga dos Campeões da Europa e a Copa da Alemanha.

Os azuis reais também dividem as atenções da Bundesliga com a Copa da Alemanha. Torneio no qual enfrenta o próprio Bayern de Munique nas semi-finais da competição.

No próximo fim de semana o Bayern de Munique pega o Colônia fora de casa enquanto o Leverkusen viaja a Baviera para enfrentar o Nuremberg.

Pior para o Schalke 04 que terá a difícil tarefa de enfrentar o Eintracht Frankfurt fora de seus domínios.

Confira todos os resultados da rodada:
Schalke 04 2 – 1 Borussia Dortmund
Hertha Berlin 0 – 2 Hoffenheim
Mainz 1 – 2 Werder Bremen
Stuttgart 2 – 1 Eintracht Frankfurt
Borussia M´Gladbach 1 – 1 Freiburg
Bochum 0 – 0 Nuremberg
Bayer Leverkusen 0 – 0 Colônia
Hannover 0 – 1 Wolfsburg
Bayern de Munique 1 – 0 Hamburgo